Surpresas da Lei da Atração

Muito é discutido sobre como o nosso estado de espírito tem o poder de atrair vibrações semelhantes, e isso ficou muito evidente na noite de ontem, quando saí pela primeira vez com um novo amigo capixaba.

Devido ao fato de eu ainda não saber andar sozinho pela cidade, resolvemos dar uma volta no shopping próximo a casa onde estou hospedado, até porque este é o único lugar onde eu sei chegar. Conheci o "Jota" através de uma rede social, mas tínhamos tantas coisas em comum que parecíamos amigos de longa data. E assim foi concretizado quando nos encontramos, com direito a muitos memes aleatórios!

Assim que Jota chegou, fomos à praça de alimentação porque eu já estava azul de fome. Pedi recomendações do que comer e após a revelação de que eu nunca havia comido no Burger King, nos dirigimos para lá. Depois de decidir qual lanche pegaríamos (que seria o número 10), a caixa do recinto nos informa que as batatas fritas haviam terminado e que no lugar seria nos dado uma casquinha de sorvete! 

"A crise já chegou aqui, né?", soltei. 

Após a risada forçada da moça, resolvemos comer em outro lugar, até porque a magia de um combo com fritas, hambúrguer e bebida está justamente nas fritas! 

"Comer um lanche sem batata frita é tipo doar sangue sem sangue!", e prontamente o Jota concordou. Em meios as risadas, um menino de aproximadamente cinco anos caiu com tudo no chão e eu não perdi a oportunidade de soltar: "Nessa piscina eu vou mergulhar assim!"

Meu Deus! Como é prazeroso sair com alguém que entende de memes! Estamos no século XXI, minha gente! Meme é arte e deveria ser disciplina de faculdade! Mas voltando ao assunto... Fomos até ao Fast Food dono do mundo: McDonald's! E como bom brasileiros que somos, pedimos a promoção de duas ofertas do Big Mac por R$ 29,90. É ou não pra ficar feliz?

Após algumas conversas aleatórias, pegamos nossos lanches e fomos nos sentar em uma mesa localizada numa área mais confortável. Conversamos horrores sobre diversos assuntos enquanto ríamos descontroladamente a cada cinco segundos. Neste ponto, em uma mesa em frente a nossa, estava um rapaz de aproximadamente 30 anos. Sozinho, com cara de morte, olhando o vazio. E para a nossa surpresa, o rapaz chegou até nós com um copo de chopp:

"Olá! Boa noite! Tudo bem com vocês? Vi que vocês estavam animados e eu gostaria de me animar um pouco. Estou muito pra baixo. Tudo bem se eu me sentar com vocês?"

Jota e eu ficamos naquele "Eeeeeeeeer..... Tudo bem!"

Afinal, Deus disse: "Faça por onde, que Eu te ajudarei", né nom? Então vumbora fazeno! O rapaz sentou-se e se apresentou: 

"Eu sou o Wagner (nome fictício), prazer!" 

"Eu sou o João!" - aperto forte de mão.

"João? Que legal! É o nome do meu filho!"

"Eu sou o Jota!" - aperto de mão.

"Sabem o que mais dá mais prazer? Crack!"

".... Não sei de nada!" - Nessa hora eu já estava vendo a minha morte se aproximando. Que assunto é esse?? Esse não é meu mundo, meu Pai!

"Eu também não sei! Nunca usei! Mas pesquisadores dizem que o crack dá muito prazer. Gozar não é bom? O efeito do crack seria como ter cem orgasmos! É o que dizem os pesquisadores." - Pronto! Vou morrer em outro estado, longe de casa. Meus pais não têm dinheiro pra transferir o meu corpo, não!

"E o que houve pra você estar mal?" - Perguntou o Jota, toda acessível. Dá o anjo pra ele!

O semblante do Wagner mudou completamente para aquele olhar vazio e disse:

"Problemas em casa... Minha mulher está vindo para cá. Estou esperando ela. Mas e então? Vi vocês tão animados! Sobre o que estavam falando?"

"Ah, coisas aleatórias. No momento a gente estava falando sobre música." - Realmente estávamos falando sobre nossas divas do pop.

"Tipo o quê? Vocês gostam de ouvir o quê? Pop?" - Poxa, tão óbvio assim, Wagner?

"Isso! Beyoncé, Rihanna, Michael Jackson..."

"Não, não! Espera! Falar de pop e de falar de Michael Jackson... O povo pode falar que ele era louco, pedófilo, mas o cara era incrível! A dança dele era impecável! Até o movimento de uma sobrancelha era pensado!"

E então, do nada, Wagner começa a falar que adora dançar! Segundo ele, quando sai para dançar, dança até ficar cheio de dores no corpo e ir para o trabalho todo entrevado. E o papo sobre música continuou com ele falando sobre os maiorais do rock, a história do Pink Floyd, a loucura do Jimi Hendrix e da guitarrista que ele não se lembrava o nome, mas que morreu no palco (?).

Enfim, foi um causo muito estranho. Contudo, Wagner foi muito simpático e parecia ser uma boa pessoa. Mas realmente tinha algo pesado no ar. Ele estava notavelmente arrasado por dentro e só queria um pouco de boas energias. Quando a esposa dele chegou, nos disse um "boa noite" com a cara um tanto quanto feia e o chamou. Ela parecia chateada, enquanto Wagner parecia triste. Ele se despediu de nós e foi embora com a mulher. Fiquei sentido por ele, mas ao mesmo tempo estava meio que satisfeito por nossas boas vibrações terem atraído a atenção do Wagner. Ainda comentei com Jota que me sentia no episódio de As Meninas Superpoderosas onde o palhaço Arco-íris deixa o mundo preto e branco, mas que ao final tudo fica colorido após Lindinha, Florzinha e Docinho cantarem aquela música icônica: "Só, só, só o amor, só amor, faz o mundo andar!".

Jota e eu discutimos um pouco sobre o assunto e fomos tomar um negócio gelado de iogurte e frutas que não sei o nome, mas que era muito gostoso! Quando eu fui passar o cartão de débito, porque sou desses, uma cliente que estava atrás de mim disse cantando:

"Eu tô vendo a senhaaa!"

"Mas não tem o cartãaao!"

Todos em voltam caíram na risada, é claro. Em seguida demos mais uma voltinha e aproveitei para fazer o orçamento do meu presente de aniversário: uma tatuagem da Eliana. O tatuador parecia que estava falando com um extraterrestre.

"É sério mesmo que você é fã dela?"

"Sim! Desde os quatro aninhos..."

"Nossa... Nada contra! Mas nunca conheci alguém que fosse fã dela!"

"Pois é. Me sinto uma raridade agora!"

E essa foi a nossa noite. Aliás, parte dela. Porque foi muito mais intensa, divertida e espontânea. Era justamente disso que eu estava precisando aqui. Uma boa amizade e uma louca aventura!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Críticas positivas ou construtivas serão muito bem-vindas!
Sem ofensas, por favor! De ruim já basta a vida, rs

Instagram